Notícias

   

Perfil

Nasci no Cachambi, cresci em Jacarepaguá e sou carioca apaixonado pelo Rio de Janeiro. E isso explica muito do que eu sou hoje em dia. Adoro andar pela cidade e estar em contato com as pessoas - afinal, o que é o Rio sem o carioca? Fui educado por meus pais, um funcionário público e uma professora, em uma família de classe média, onde a educação sempre foi muito valorizada. E não canso de agradecê-los por isso. Cursei Economia e fiz pós-graduação em Análise da Conjuntura Econômica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Trabalhei no mercado financeiro, onde adquiri experiência em gestão. Mas a minha paixão pela cidade me fez aceitar o convite do então subprefeito da Barra da Tijuca e Jacarepaguá, Eduardo Paes, para ser o administrador do Autódromo de Jacarepaguá. E assim entrei na política.
 
 
Sou casado com a Tatiana, tenho três filhos, a Manuela, o Matteo e o Lucca. E é também pensando neles e no futuro dos jovens cariocas que tenho trabalhado incansavelmente em todas as funções pelas quais passei até hoje - desde a administração do autódromo, passando pela subprefeitura da Barra da Tijuca e Jacarepaguá, Secretaria Municipal de Meio Ambiente e a Casa Civil da Prefeitura do Rio, até os mandatos eletivos de deputado estadual e federal. Ou seja, dos meus 44 anos de idade, 20 dediquei à vida pública.
 
 
Tenho a convicção de que a política é um instrumento transformador capaz de melhorar a vida das pessoas. E acredito na qualificação para que isto aconteça. Afinal, essa foi a minha educação. Não basta conhecer muito bem a nossa cidade e entender as necessidades da população. Nem sempre é fácil fazer os sonhos se tornarem realidade, tirar os projetos do papel. Resolvi ir para Madri, na Espanha, onde fiz mestrado em Política Aplicada pela Fundación Iberoamericana de Políticas Públicas, órgão ligado ao Ministério das Relações Exteriores da Espanha. De volta ao Brasil, decidi aprofundar meus estudos sobre os cenários e a conjuntura econômica do Rio. Cursei mestrado em Economia pela Universidade Federal Fluminense (UFF).
 
 
Quando me deparei com o desafio e a honra de disputar uma eleição para deputado estadual, em 2006, aceitei imediatamente. Estava preparado para o desafio, já tinha a experiência necessária e a população conhecia o meu trabalho. Fazer política não era novidade para mim, mas era a hora de passar pelo importante teste das urnas. Fui eleito deputado estadual com 31.355 votos. E a experiência adquirida no Parlamento Estadual me encorajou a enfrentar outro grande desafio: a eleição para deputado federal. Os 105.406 votos, além da grande responsabilidade, me deram a convicção de estar no caminho certo.
 
 

Após a eleição do prefeito Eduardo Paes, em 2008, fui convidado a criar a Casa Civil na Prefeitura do Rio, com a incumbência de atuar como um escritório de soluções, planejando todos os grandes projetos da prefeitura. Lá coordenei os Planos Estratégicos da Prefeitura do Rio, que estabeleceram diretrizes e metas para a cidade nos últimos oito anos e a visão para os próximos 50 anos. Entre os projetos implementados, estão as Escolas do Amanhã, que incluem 35% dos alunos da rede em tempo integral; as Clínicas da Família, que já elevaram a cobertura de atenção primária em saúde de 3,5% para 55% da população e chegarão a 70% até o fim de 2016; a revitalização de uma área de 5 milhões de m2 na Região Central através do Porto Maravilha; e a implantação  do Bilhete Único Carioca, dos BRTs Transoeste, Transcarioca, Transolímpica e do VLT do Centro.

Deste período, destaco a criação da Central de Atendimento ao Cidadão 1746, do Cartão Família Carioca para as famílias mais carentes e da maior concessão de saneamento do país, que vai elevar de 5% para 50% – ao final deste ano – o serviço de coleta e tratamento de esgoto em 21 bairros da Zona Oeste – uma área correspondente à metade do município. Também leva a minha assinatura a política de Gestão de Alto desempenho, que melhorou os serviços públicos e investiu nos servidores públicos com pagamento de 14° e 15° salários, e conduzi as negociações que deram origem aos Planos de Cargos Carreiras e Remuneração dos professores e da Comlurb. E, ainda, a Central de Tratamento de Resíduos (CTR) de Seropédica, que encerrou as atividades do inadequado Lixão de Gramacho e seu enorme passivo ambiental.

Implementei na cidade a Autovistoria predial, que está garantindo a preservação e a segurança dos prédios da cidade – e que teve origem em lei estadual de minha autoria. Foi também na Casa Civil que nasceram o portal Carioca Digital, de informações e serviços ao cidadão; o Data.Rio, que disponibiliza dados da gestão municipal, estimulando a criação de diversos aplicativos; e o Pensa, grupo de geeks que cruzam dados variados para sugerir soluções para desafios de transito, combate a doenças, consumo de energia, planejamento urbano entre muitos outros temas.

Foi lá que concebi o projeto Carioca Local, de estimulo à moradia popular, ocupação de imóveis abandonados e preservação do comércio tradicional; o programa Em Frente Rio, de grandes obras de infraestrutura e mobilidade;  e o grande pacote de desburocratização Rio+Fácil, que incentiva o empreendedorismo na cidade. E, diante da crise que enfrentava o Estado, coordenei a municipalização dos hospitais Rocha Faria, em Campo Grande, e Albert Schweitzer, em Realengo.

A secretaria de Governo me permitiu ainda coordenar a Operação Centro Presente, em parceria com a Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos e com o Sistema Fecomércio RJ, para reforçar o patrulhamento na região, iniciativa que segue o modelo das operações já realizadas na Lapa, Aterro, Lagoa e Méier.

O Rio está passando por um momento único em sua história e estar no centro de todas estas decisões certamente marcará a minha vida - como carioca e, mais ainda, como homem público que se dedica tanto à sua cidade.  Sei que ainda há muito pela frente, apesar do caminho já percorrido. Mas me vejo ainda mais determinado e motivado quando comparado ao ano de 1995, quando ingressei na vida pública. E agora esse ânimo vem aliado à minha experiência e preparo para, através da política, transformar a vida da população. Afinal, somos todos cariocas apaixonados pelo Rio.

 
 
 
 
 
 
 
 

Linha do Tempo

O que fiz


Gestão de Alto Desempenho

Plano Estratégico 2017-2020

Em Frente Rio

Visão Rio 500

Acordo de Resultados

Carioca Local

Central de Atendimento ao Cidadão 1746

Rio + Fácil

Plano Estratégico 2013-2016

Conselho da Cidade

Cartão Família Carioca

PPP do Parque Olímpico Rio 2016

Saneamento AP5

Central de Tratamento de Resíduos Seropédica

Hackathon 1746

Pensa – Sala de Ideias

Data Rio

Carioca Digital

Rio, Cidade Mais Inteligente do Mundo

Lei da Autovistoria

Licitação dos Cemitérios

Novo Rio Rotativo

Rio Bilíngue

Valorização dos Servidores

Plano Estratégico 2009-2016

Táxis adaptados

Fotos e Vídeos

Na Imprensa